Alberto Afonso Landa Camargo

Alberto Afonso Landa Camargo nasceu em 15 de setembro de 1945 na pacata e acolhedora Santiago do Boqueirão, no Estado do Rio Grande do Sul, cognominada “Terra dos Poetas”.

Romancista, contista, poeta, conferencista, é professor graduado em Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e Inglesa e respectivas literaturas, também graduado em Filosofia e Bacharel em Direito.

Coronel da Reserva da Brigada Militar (Polícia Militar do Rio Grande do Sul), onde trabalhou por trinta e seis anos e na qual ingressou em 1966, adquiriu gosto pelas legras desde a adolescência, o que mostra que as agruras da profissão policial, com seus embates contra o crime e o uso de instrumentos para o seu controle e combate, não são incompatíveis com a sensibilidade do escritor.

Publicou os livros “Política e Polícia da Terrinha”, “O Louco, o Tempo e Outras Estranhezas” e “Lua de Primavera”, todos de contos e participou de cerca de duas dezenas de antologias, organizador da “1ª Antologia de Contos, Crônicas e Poemas” da Fundação Brigada Militar, possui vários trabalhos técnicos publicados e editados na área da segurança pública, atuando nesta também como professor.

É o presidente da “Academia Brigadiana de Letras”, na qual ocupa a Cadeira número um, cujo Patrono é o Poeta José Hilario Retamozo, também Patrono Perpétuo da entidade.

Reside em Porto Alegre, no Estado do Rio Grande do Sul.